Acompanhe aqui os números da COVID-19 em Jacareí

SP amplia horário de funcionamento das atividades econômicas das 21h para as 23h; Números em Jacareí iniciam queda

O governo de São Paulo determinou a ampliação da capacidade de público presencial e horário de funcionamento de comércios e serviços não essenciais no Estado a partir da próxima sexta-feira (9/7).

A partir de sexta, o limite de horário de funcionamento das atividades econômicas passa das 21h para as 23h. A capacidade máxima de ocupação permitida, atualmente em 40%, também sobe para 60%.

Ambas as medidas são amparadas por recomendação do Centro de Contingência, com base nos dados de evolução da pandemia. Com o avanço da vacinação contra a COVID-19 e a melhora dos índices de saúde em todas as regiões do estado, os estabelecimentos poderão funcionar até as 23h, com limite de 60% de ocupação, até o dia 31 de julho.

De acordo com os indicadores de Secretaria da Saúde, o total de novos casos, internações e mortes provocadas pelo coronavírus está em queda em São Paulo nas últimas semanas da pandemia em São Paulo.

O Estado tem registrado redução diária de internações em leitos de enfermaria e de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). No interior do estado, a taxa de ocupação de leitos de UTI COVID-19 está em 69%. Na Grande São Paulo a ocupação é de 64%, e na Baixada Santista, 44%. Em uma semana houve redução nos três índices em todo o Estado de São Paulo: 20,6% no número de casos, 11,4% nas internações e 10,6% nos óbitos.

“Podemos dar o próximo passo de retomada segura e responsável no nosso estado. É possível fazer sim boa gestão pelas vidas e pelos empregos”, disse a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

Jacareí – Um novo decreto municipal foi editado no Boletim Oficial da quinta-feira (8/7), com detalhes desta atualização da Fase de Transição na cidade.

Os novos horários do regime de escalonamento de abertura e fechamento dos estabelecimentos que podem funcionar presencialmente:

comércios não essenciais, das 10h às 23h (lojas de móveis, loja de acessórios eletrônicos, loja de embalagens, distribuidora de água e gás, loja de autopeças e pneus, livraria e papelaria, loja de brinquedos, shopping center, galerias e estabelecimentos congêneres, Havan e JB.

– serviços não essenciais, das 8h às 21h (salão de beleza e barbearia, esmalteria, cursos livres – idiomas e informática –, e atividades administrativas internas e prestadores de serviços não essenciais).

Atividades essenciais, como supermercados e congêneres, hospitais, farmácias, clínicas médicas, funerárias, entre outras, terão horário livre, respeitadas as diretrizes do Plano São Paulo.

Restaurantes, pizzarias e lanchonetes ficam autorizados a funcionar presencialmente das 6h às 23h. As academias de esporte de todas as modalidades e os centros de ginástica também ficam autorizados a funcionar entre 6h e 23h.

Os bares, adegas e lojas de conveniência ficam autorizados a funcionar somente no horário das 10h às 23h e, exclusivamente, por meio dos sistemas “delivery”, drive-thru” (sem sair do carro e com o pisca-alerta ligado) e “take away” (retirada de produtos).

Os estabelecimentos comerciais e de serviços, autorizados a funcionar presencialmente, poderão aos sábados, domingos e feriados exercer suas atividades das 6h às 23h. Os templos religiosos ficam autorizados a funcionar presencialmente das 6h às 23h.

Jacareí – Os números oficiais de controle da Pandemia do novo Coronavírus na cidade apontam para um início de queda nas contaminações. A soma de novos casos em 7 dias saiu do patamar dos 700 casos e está em 514 novos no dia 8/7.

O mês de julho já soma 22 óbitos provocados pela doença, e tem sua primeira semana com a média de novos casos por dia abaixo do mês de junho, em 71,25 casos. Junho encerrou com a média de 109,33 novos casos por dia.

Vacinas – Outro anúncio feito também na quarta-feira, feito pelo Estado, foi sobre a antecipação em 30 dias da conclusão da entrega de 100 milhões de doses da vacina do Instituto Butantan ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). A previsão é que a totalidade do contrato firmado com o Ministério da Saúde seja entregue em 30 de agosto.

Nesta segunda-feira (5) foram encaminhadas mais 937 mil doses da vacina, vindas prontas da China, ao Ministério da Saúde. Outras 63 mil doses prontas estão em avaliação pela área de Controle de Qualidade para liberação à pasta. Na semana que vem, serão entregues mais 10 milhões de doses. No dia 14 de julho, está prevista a chegada de mais 12 mil litros de insumos, suficientes para produzir 20 milhões de doses até o fim de agosto.

Eventos culturais – “Eventos-modelo”, adaptados para o contexto de pandemia da Covid-19, serão realizados na capital e interior do Estado a partir de 17 de julho. Serão 30 eventos de diferentes formatos que vão envolver, além da área de cultura (12 eventos de economia criativa), o setor de negócios (2 eventos), lazer (14) e esporte (2). O anúncio foi realizado em coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

“Os eventos serão realizados com testagem obrigatória e pessoas vacinadas, com rígidos protocolos sanitários para segurança, controle e monitoramento dos participantes”, disse o governador João Doria. “O objetivo é começar a impulsionar uma retomada segura e gradual do setor, profundamente abalado pela pandemia da Covid-19.”

Para a realização dos eventos, a iniciativa privada voluntária ficará responsável pelo cumprimento dos protocolos de segurança e os custos de testagem. Além de precisarem estar totalmente imunizados, os participantes deverão fazer teste para covid e usar máscara, obrigatoriamente. Para efeitos de controle, o público será monitorado no pós-evento.

Deixe uma resposta

Top
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: