Acompanhe aqui os números da COVID-19 em Jacareí

Namastê, meu Deus saúda o seu

Inclino a cabeça, olho a linha do horizonte; tudo é só um parágrafo de uma só linha e , ao fim da linha, está tudo ou nada. Se os que amo estão longe de mim, dentro de mim estão e continuo amando.
Cruzo a ponte, descruzo, vou e venho.
Pego o livro, leio um trecho. Jeca Tatu, diz os caminhos e descaminhos da Serra da Mantiqueira. Estou lendo sobre tropas e tropeiros, Monteiro.

Desato o nó do sapato, desato-me.

Brinco de não saber, de esconder palavras e ouço Mozart com a ajuda de um (um lado só) do fone de ouvido. E este barulho contínuo e manso.

Há enigmas que jamais serão desvendados, penso enquanto espero essa palestra sobre solidão . Todas as amizades são tão lindas e sua , neste longo abraço de que tinha me esquecido quase me consola das feridas que se abriram em mim como se fossem flor.

Sua amizade é um jardim e por ser um jardim, tão sagrado lugar onde flores se planejam, onde frutos se antecipam, onde raízes crescem sob a terra, que coisa essa alegria deste livro que me deu, e deste Mozart que guardou.

Mas uma folha se solta da árvore, rodopia ao vento, desgarra-se e vem pousar , solene e delicada, sobre o meu ombro, uma borboleta leve. Inesperadamente, saio dos meus fundos, percorro meus labirintos e redescubro, fascinada, que tudo é engrenagem .

E na borda serrilhada de uma folha, quando quiser, posso reler a poesia secreta que um dia, quando eu ainda habitava os jardins de meu Pai, pude sussurrar, falar de cor e em voz alta.

Lá, estou certa, o tempo parou.
Lá, onde ninguém alcança ou descobre nada, a avenca se balança ao sopro do vento, a formiga trabalha à luz do sol e os botões anunciam flores inumeráveis.
Lá, de onde todos viemos e para onde retornaremos, a terra cheirosa engendra mistérios ; lá, essa nossa amizade, esse nosso amor, esse grito que é um sol e luz na minha alma que quase se perde.
Essa epidemia quase nos escondeu embaixo da terra. Mas ouço Mozart enquanto espero. E voa a folha e varre o vento e tudo, na engrenagem da Vida, recomeça. E sou feliz com essa risada , esse cuidado e esse olhar. Namastê.

Deixe uma resposta

Top
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: