Acompanhe aqui os números da COVID-19 em Jacareí

Com a pandemia, doar sangue é um ato ainda mais essencial

Com a pandemia, o número de doadores de sangue reduziu em torno de 20%, mesmo com os hemocentros preparados para receber as doações. Em alguns casos o Ministério da Saúde precisou acionar o Plano Nacional de Contingência do Sangue, que possibilitou o remanejamento de 2.934 bolsas de sangue de outras unidades da federação para aquelas com maior dificuldade, com o apoio operacional e logístico do Ministério da Saúde.

Por isso, na data em que é comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue (25/11), a pasta quer sensibilizar a população a doar sangue e salvar inúmeras vidas. O dia também tem o propósito de agradecer os doadores regulares, além de lembrar um período de estoques baixos nos bancos de sangue, devido à proximidade das férias e datas comemorativas de fim de ano com feriados prolongados.

Para não haver desabastecimento, o Ministério da Saúde monitora diariamente os estoques de sangues nos hemocentros dos estados. Cada unidade da federação tem informado continuamente a quantidade de bolsas de sangue existentes na rede. A grande preocupação é com a necessidade mais imediata que são justamente dos estados com maior população e, portanto, com maior consumo de bolsas de sangue.

Deixe uma resposta

Top
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: