Acompanhe aqui os números da COVID-19 em Jacareí

Distritos do Rotary e Casas da Amizade criam campanha de conscientização contra a poliomielite

Os Rotary e Casas da Amizade do Distrito 4571 estão em campanha de conscientização da “Pólio Zero”. Essa iniciativa é em função de ter surgido casos de pólio em países onde a doença já estava radicalizada.

A poliomielite, também conhecida por paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e provocar ou não paralisia.  

Em relação aos índices de vacinação contra a doença, nota-se que as taxas vêm caindo a níveis alarmantes nos últimos anos. Segundo anúncio do Ministério da Saúde, em 2019 a cobertura vacinal era de aproximadamente 84%. Já em 2020, esse número caiu para 76%, e em 2021, para 59,82%. Desde 1987, o Brasil não registra casos de poliomielite. A área técnica de imunização da Secretaria de Saúde alerta sobre a necessidade de as crianças receberem as doses da vacina mesmo sem registros da doença há mais de 30 anos, uma vez que as coberturas vacinais ainda são heterogêneas, podendo levar à formação de bolsões de pessoas não vacinadas, o que possibilita a reintrodução do poliovírus.  A depender do esquema vacinal registrado na caderneta, a criança poderá receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), como dose de reforço ou dose extra, ou a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), como dose de rotina. A vacinação é para crianças acima de 5 anos até a idade adulta. É preciso ficar alerta e já prevenir pois, casos de poliomielite atualmente ressurgiram em Israel e Malawi.

Deixe uma resposta

Top
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: