Acompanhe aqui os números da COVID-19 em Jacareí

A CIDADE NO TEMPO Benedicto Sergio Lencioni FEVEREIRO – 2022

 1º/fevereiro  1917 – Em sessão extraordinária presidida por Raul Lopes Chaves é lido no expediente são lidos dois pareceres. Favorável ao projeto assinado pelos vereadores Antonio Jordão Mercadante e João Abílio da Costa. A 3ª. Comissão – (Fazenda e Contas), assinado por Pedro Eugênio Guery vota com restrição porque outro advogado fez proposta por Rs. 1.500$000 de forma precisa enquanto a outra proposta traz a expressão “até 2.000$000”.

2/ 1920 – A Câmara sob a presidência do Major João Ferraz , realiza sessão ordinária, tratando dos seguintes assuntos no expediente: a) Requerimento de Antonio Silva propõe construir, mediante contrato com esta Câmara, um teatro-cinema que obedecerá ao rigor da higiene e da arquitetura moderna, pelo prazo de 20 anos, isenção de todos os impostos municipais e água potável para uso do prédio e terreno necessário, localizado a critério da Câmara. “Oficie-se solicitando plantas, orçamentos e detalhes afim da Câmara resolver sobre o pedido do requerente”. O mesmo requerente declara ainda na sua solicitação que, decorrido o prazo de 20 anos, restituirá o prédio do teatro à municipalidade, sem remuneração alguma”.  

3/ 1928 – Estreia a companhia de revista de Nino Nello, no Esperança Futebol Clube, com a peça “Flor de Amor”.

4 –1954 – O vereador Aparício Lorena indica ao Prefeito Municipal a necessidade premente de ser construída uma Estação Rodoviária.

5/ 1863 – Consertar o telhado da Casa da Câmara que está com goteiras. Um quarto item refere-se a pergunta: Qual as pessoas que devem acompanhar o Fiscal em correição. A Comissão deu parecer que “todos os empregados da Câmara devem acompanhar o Fiscal em correição.

6/1863 – Na sessão ordinária da Câmara Municipal sob a presidência de João da Costa Gomes Leitão o “Sr. Cardoso indicou e foi aprovado que a quantia de 391$247 e a de 332$150 que a Câmara tem a receber das despesas com os presos pobres que fique ao Sr. Leitão para pagamento ao alcance que esta Câmara se acha com ele, ficando assim pago também os 500$000 réis que esta Câmara deve este ano, que o mesmo Sr. Leitão emprestou para as calçadas. 

Deixe uma resposta

Top
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: