Acompanhe aqui os números da COVID-19 em Jacareí

A CIDADE NO TEMPO Benedicto Sergio Lencioni AGOSTO – 2022

5 – 1878  – Sofre “guerra pessoal” o delegado de polícia desta cidade, pelo fato de ter sido distinguido pelo Governo, com a nomeação para um elevado posto da Guarda Nacional.

(“Galeria…”, pag. 534)

6 –  1917 É nomeado representante do Comando da VI Região Militar, junto à Sociedade de Tiro, desta cidade, o 1o. tenente intendente Otacílio de Faria Abreu.

7 – 1920 – É lido no  Expediente da sessão extraordinária presidida pelo Major Joao Ferraz “uma emenda” ao projeto do teatro: A empresa ficará obrigada a fornecer, gratuitamente, o prédio do teatro para os espetáculos dramáticos do grupo de amadores locais, quatro vezes por ano. Art. A Câmara se compromete a não deixar funcionar espetáculos cinematográficos  a não ser em prédios  em igualdade de condições do prédio que vai ser edificado. A) Oscar Bonilha. Aprovado em segunda discussão.

O mesmo vereador apresenta outra emenda: Art. Fica o sr. Prefeito Municipal autorizado a assinar o contrato para a construção e exploração do Teatro Cinema  referido nesta lei.

O presidente da Câmara despacha apara a 5ª Comissão para redação final e consulta a Câmara sobre a dispensa do interstício para parecer. A Câmara concede.

8 – 1991 – Por iniciativa do vereador David Monteiro Lino é concedido o título de Cidadã Jacareiense à professora Thereza Porto Marques.

9 -1975 – A Câmara aprova projeto de resolução que fixa pela primeira vez os vencimentos (subsídios) para os vereadores, criado pelo Presidente Ernesto Geisel.

200 ANOS DA INDEPENDÊNCIA

 Iremos comemorar os 200 anos? Onde estão as fanfarras? Os Desfiles? Não haverá nada???????

Deixe uma resposta

Top
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: